EM FOCO

Tigelada da Beira Baixa

 



A Tigelada é um doce conventual comum na região da Beira Baixa. Esta receita à base de ovos, leite e mel é confecionada tipicamente em Caçoulos – tigelas de barro.

A Receita original desta iguaria está atribuída ao Convento de Nossa Senhora da Graça de Abrantes. Diz-se que as freiras dominicanas do Convento da Graça ensinaram a receita a uma lavadeira que por lá prestava serviços. Por sua vez a lavadeira ofereceu a receita a uma amiga e, assim, a tigelada tornou-se num doce comum na região da Beira Baixa. É o doce mais típico de Proença-a-Nova.

Fonte da receita: Editorial Verbo


INGREDIENTES:

  • 1 litro leite
  • 7 ovos
  • 2 colheres de sopa farinha mal cheias
  • 400 g açúcar mascavado escuro
  • colher de sopa mel
  • Azeite
  • Raspa de casca de limão



PREPARAÇÃO:

1. Untam-se as tigelas de barro (de ir ao forno) ou um tacho de barro vidrado vermelho, com azeite e metem-se no forno bem quente. 

2. Batem-se muito bem os ovos com o açúcar, o mel e a casca de limão. Esta fase da receita é normalmente manual para ser batida com força.

3. Em seguida adiciona-se a farinha e dissolve-se tudo com o leite. Sem retirar as tigelas/tacho de barro do forno e com a ajuda de uma concha, coloca-se lá a mistura.

4. Deixa-se cozer aproximadamente 60 min, até ficar com a consistência de pudim. Servem-se as tigeladas nas próprias tigelas/tacho de barro.



Acompanhe as receitas 






Doçaria Regional - em destaque



Pratos tradicionais - em destaque